terça-feira, 12 de junho de 2012

Receita das exportações brasileiras de carne suína aumenta 10% em maio






SÃO PAULO - As exportações brasileiras de carne suína somaram 53,4 mil toneladas e renderam US$ 138,4 milhões em maio, conforme dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Abipecs, entidade que representa as empresas que atuam no segmento. O volume foi 18,7% maior que o embarcado no mesmo mês de 2011, enquanto a receita registrou alta de 9,3% em igual comparação.

Com isso, nos primeiros cinco meses de 2012 os embarques alcançaram 224,9 mil toneladas, 5% acima do mesmo período do ano passado, mas renderam US$ 579 milhões, uma queda de 0,7%, já que a variação dos preços médios das vendas continuou em queda. Em maio, atingiram US$ 2.591 por tonelada, 8% menos que no mesmo mês de 2011, e nos primeiros cinco meses do ano chegaram a US$ 2.575 por tonelada, baixa de 5,5%.

Apesar da redução dos preços médios, os resultados foram considerados positivos pela Abipecs. Em comunicado, a entidade ressalva que esta queda foi parcialmente compensada pela valorização do dólar em relação ao real. A Abipecs também realça que o incremento dos volumes vendidos aconteceu apesar das barreiras russas, que já duram quase um ano, e da “quase paralisação” dos embarques para a Argentina.

Para a Rússia, detalha a Abipecs, a receita das vendas recuou 47,5% de janeiro a maio sobre igual período do ano passado, para US$ 134,4 milhões; para a Argentina, os embarques acumulados recuaram mais de 60%.

Hong Kong, Ucrânia, Angola e Cingapura estão entre os mercados que vêm se destacando pelo crescimento da demanda pelo produto brasileiro.



Fonte: http://www.valor.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário