terça-feira, 3 de julho de 2012

Exportações brasileiras de carnes caem em junho, diz Secex



A maior queda foi registrada nas exportações de carne suína que ficaram em 38,5 mil toneladas em junho, retração de 16,3 por cento ante as 46 mil toneladas de junho de 2011. Em maio deste ano foram exportadas 47 mil toneladas.

A receita com as vendas externas de carne suína em junho recuou 28 por cento, para 99 milhões de dólares, ainda sob efeito do embargo parcial russo e com a queda no preço médio do produto no mês passado.

No mesmo mês do ano passado, as exportações do setor geraram 139,1 milhões de dólares.

O setor enfrenta um embargo parcial a três Estados brasileiros - Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul - por parte da Rússia, principal destino da carne brasileira, desde 15 de junho de 2011.

O preço médio da carne suína exportada caiu para 2.573,60 reais a tonelada, contra 3.026,30 tonelada um ano atrás.

Frango

A indústria de carne de frango, principal do setor em faturamento, também registrou forte baixa nas vendas externas.

O volume embarcado em junho somou 287,9 mil toneladas, queda de 7,4 por cento sobre as 310,9 mil toneladas de junho do ano passado.

Já a receita com os embarques de carne de frango caiu 20,6 por cento, para 505,5 milhões de dólares. Em junho do ano passado, os embarques renderam ao setor 636,4 milhões de dólares.

A carne de frango também registrou uma queda em seu preço, com o valor médio da tonelada exportada em 1.755,70 dólares, contra 2.047,10 dólares.


Bovinos

As exportações de carne bovina foram de 74,2 mil toneladas em junho de 2012, com queda de 10,7 por cento ante 83,1 mil toneladas no mês anterior.

O levantamento da Secex aponta que os embarques da carne bovina renderam 346,6 milhões de dólares, versus 383,9 milhões de dólares.


Fonte: Reuters

Nenhum comentário:

Postar um comentário