sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Vendas ruins, entretanto preços da carne se mantêm firmes


Apesar dos relatos de vendas ruins, o mercado atacadista de carne bovina sem osso de São Paulo ficou estável no acumulado dos últimos sete dias. Os abates cresceram significativamente em julho, com a desova final de boiadas de pasto, entrada de animais de cocho e de contratos a termo.
O consumo não evoluiu na mesma proporção. Considerando que a partir de agora a demanda tende a diminuir e, consequentemente, não há espaço para altas. Parte da estabilidade observada esta semana pode ser uma estratégia das empresas para conservar suas margens.

As vendas melhores são para cortes de dianteiro, o que demonstra que já há queda no poder de compra da população.

Os preços da carne são praticamente os mesmos de um mês atrás. Porém, na comparação anual, a carne é vendida por um valor 5,2% maior.

Com o recuo no preço da arroba do boi gordo, a estabilidade no mercado atacadista gerou efeito positivo. A margem de comercialização dos frigoríficos que desossam chegou aos 22,0%, a maior desde o final de maio.


Fonte:Scot Consultoria


Siga IMOVEI$ RURAI$ OPORTUNIDADE$ & NEGÓCIO$ no twitter->@jlmmattos

Nenhum comentário:

Postar um comentário